01TituloSorocabinha.png
separadorA.png

BIOGRAFIAS

separadorA.png

OLEGÁRIO JOSÉ DE GODOY - Sorocabinha

compositor, cantor e violeiro de moda de viola

estrela.png

Olegário José de Godoy nasceu em 3 de janeiro de 1895, em Piracicaba,  no Estado de São Paulo, na localidade de Recreio. Seus pais, de origem em Sorocaba, eram José Antônio de Godoy (1868-1959) e Rita Francisca Vieira (?-?) e tiveram seis filhos.

 

Olegário, aos 20 anos, casou-se com Maria Siqueira (1897-1987). Dessa união nasceram 18 filhos, dos quais vários não sobreviveram, sete casaram e tiveram filhos, e assim vieram muitos netos.

 

Durante um período, Olegário morou em Piracicaba, depois residiu na cidade de São Paulo, no bairro de Pinheiros.

 

A vida artística teve início em 1924, quando ele conheceu Cornélio Pires (1884-1958), jornalista, escritor, empreendedor, folclorista, contador de anedotas e apresentador.

 

Em 1929, gravou nos estúdios da Columbia, em São Paulo, o primeiro disco da música sertaneja de raiz com a “Turma Caipira Cornélio Pires”, grande sucesso de vendas.

O financiamento, a produção e a distribuição dos discos foram feitos pelo próprio Cornélio Pires, que no início tentou vender a ideia para as gravadoras, mas os empresários não acreditaram no projeto com músicas sertanejas.

 

Depois de provado que havia mercado para esse gênero de música sertaneja do folclore, Manoel Lourenço (Mandy, 1901-1987), amigo de Olegário de Godoy (Sorocabinha), contatou a gravadora RCA Victor, formando um novo grupo de violeiros, a “Turma Caipira Victor”. No final de 1929, a gravadora RCA Victor levou equipamentos e técnicos até Piracicaba para fazer as gravações de cinco discos.

 

A gravadora RCA Victor, acreditando no potencial da música sertaneja de raiz, contratou Manoel Lourenço e Olegário de Godoy para formarem uma dupla, que passou a gravar discos com o nome artístico de Mandy e Sorocabinha. Foram 70 discos gravados com 140 músicas, entre eles 15 discos tiveram reedições.

 

Várias viagens ao Rio de Janeiro nos anos seguintes até os estúdios das gravadoras Columbia, Parlophon, RCA Victor, Odeon e muitas participações em programas de rádio.

 

Sorocabinha mudou-se com a família para São Paulo, quando os sete filhos já estavam na fase de adolescência. Para a sobrevivência, ele vendia bilhetes de loteria e era contratado para participar de programas de rádio. Como levava os filhos para cantar, ficaram conhecidos no programa de rádio de Chico Carretel, em 1938, como a “Família Imperial”.

 

Decidiu parar de cantar em 1951. Aos 84 anos de idade, Olegário José de Godoy – Sorocabinha é homenageado com Manoel Lourenço – Mandy, pelos 50 anos da primeira gravação da música sertaneja com a “Turma Caipira Cornélio Pires”. Foi uma grande festa promovida pela Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo, no Ginásio de Esportes do Corinthians, durante 24 horas de músicas e atividades folclóricas, com abertura no dia 25 e encerramento no dia 26 de agosto de 1979.

 

Completou 100 anos, sete meses e oito dias, em 10 de julho de 1995, dia em que deixou os relatos das raízes da música sertaneja para as novas gerações.

Autora04.jpg

MARIA IMMACULADA DA SILVA

autora do livro

Nasceu em Piracicaba, interior do Estado de São Paulo, onde iniciou seus estudos em uma escola municipal e concluiu sua formação no Colégio Nossa Senhora Assunção. Mudou-se para São Paulo em 1938.

 

Passou a adolescência cantando com seus irmãos, ao lado do pai, Olegário José de Godoy – Sorocabinha, na Rádio São Paulo PRA-5. Em 1943, casou-se com Antonio Carlos da Silva (1920-1999), com quem teve três filhos.

 

Ao ler as anotações do pai, muito motivada por sua vida campestre e artística, ela prometeu que transformaria as lembranças dele em livro, ao qual daria o título de Sorocabinha, a raiz da música sertaneja.

 

O primeiro formato dessa biografia começou em 1960. Após vários anos de pesquisas e com o pai narrando os acontecimentos, em 1995, o conteúdo estava delineado. Esta edição especial revista chegou ao público em 2011.

Edição Especial

separador.png
capa Livro01.png

formato 21 cm por 14 cm

224 páginas

CD de áudio
Com 20 músicas, entre elas modas de viola e desafios,

foram restauradas e remasterizadas digitalmente

para compor o CD de áudio que

acompanha o livro Sorocabinha.

 

capa Livro01.jpg

Preço 45,00

presente inesquecível

 

frete grátis para a cidade de São Paulo

 

 

 

 

 

R$ 45,00 

mais o frete

 

* Os dados apresentados são meramente informativos, devendo ser confirmados com o vendedor.