Direitos reservados. Favor indicar esta fonte de pesquisa: Sorocabinha - vida e obra: a raiz da música sertaneja. Site desenvolvido por: A. Robson, designer gráfico da Anexodesign Studio, maio de 2011; www.anexodesign.com.br.

Documento da época de 1929 que formalizava a profissão de músico, registrado na Polícia do Estado de São Paulo, na categoria de Cantor Regional de número 699.

Neste anúncio do Jornal de Piracicaba de 1929, Olegário de Godoy - Sorocabinha vendia bilhetes de loteria e procurava pelo ganhador das outras duas frações.

Jornal de Piracicaba, 21 de novembro de 1933, na página 4, quando Sorocabinha se apresentava no bairro de Tupy pela segunda vez.
Jornal de Piracicaba, 19 de novembro de 1933, na página 4, Sorocabinha e família se apresentam no bairro de Tupy das 8 horas até meia-noite. O mais curioso é que nesse período a "Victrola" era pouco conhecida no interior, por isso, ele levava a sua coleção de discos, tornando-se o primeiro disc jockey da música sertaneja. Dividia o espetáculo em duas partes, na primeira tocava os discos e na segunda tocava as modas de viola, recitais, canções cantadas pelos filhos, entre eles "Garito", apelido dado a Olegário Filho..
Esta imagem, que não faz parte do jornal, é uma ilustração da Victrola, modelo da RCA Victor que ele levava para tocar os discos citado no jornal.