Minha vida

...Olegário José de Godoy nasceu em Piracicaba, no estado de São Paulo, na localidade chamada Recreio, situada a seis quilômetros do centro, em 3 de janeiro de 1895. Seus pais, de origem em Sorocaba, eram José Antônio de Godoy (1868-1959) e Rita Francisca Vieira, que morreu muito jovem, e tiveram seis filhos...

...Olegário com 20 anos casou-se com Maria Siqueira (18 anos) em 17 de fevereiro de 1917, na Igreja do Bom Jesus de Piracicaba...

...Tiveram 18 filhos, dos quais vários não sobreviveram, sete casaram e tiveram filhos, e assim vieram vários netos...

...Durante uma parte de sua vida, Olegário morou em Piracicaba, em outra parte residiu na cidade de São Paulo, morador do bairro de Pinheiros...

...A vida artística teve início em 1924, quando conheceu Cornélio Pires (1884-1958), jornalista, escritor, empreendedor, folclorista, contador de anedotas e apresentador...

...Em 1929, gravou nos estúdios da Columbia, em São Paulo, o primeiro disco da música sertaneja de raiz com a "Turma Caipira Cornélio Pires", grande sucesso de vendas. O financiamento, a produção e a distribuição dos discos foram feitos pelo próprio Cornélio Pires, que no início tentou vender a ideia para as gravadoras, mas os empresários não acreditaram no projeto com músicas sertanejas...

...Depois de provado que havia mercado para esse gênero de música sertaneja do folclore, Manoel Lourenço (Mandy, 1901-1987), amigo de Olegário de Godoy (Sorocabinha), contatou a gravadora RCA Victor, formando um novo grupo de violeiros, a "Turma Caipira Victor". No final de 1929, a gravadora RCA Victor levou equipamentos e técnicos até Piracicaba para fazer as gravações de cinco discos...

...A gravadora RCA Victor, acreditando no potencial da música sertaneja de raiz, contratou Manoel Lourenço e Olegário de Godoy para formarem uma dupla, que passou a gravar discos com o nome artístico de Mandy e Sorocabinha. Foram 70 discos gravados com 140 músicas, entre elas 15 discos tiveram reedições...

...Várias viagens nos anos seguintes até os estúdios das gravadoras no Rio de Janeiro, Columbia, Parlophon, RCA Victor, Odeon e muitas participações em programas de rádio...

...Sorocabinha resolveu mudar-se para São Paulo com a família, quando os sete filhos já estavam na fase de adolescência. Para sobreviver, vendia bilhetes de loteria e era contratado para participar de programas de rádio. Como levava os filhos para cantar, eram conhecidos no programa de rádio de Chico Carretel como a "Família Imperial"...

...Decidiu parar de cantar em 1951, após a morte de um companheiro, Marmeleiro, com quem fazia dupla nos programas de rádio, mas que não tiveram a oportunidade de gravar...

...Aos 84 anos de idade, Olegário José de Godoy - Sorocabinha é homenageado com Manoel Lourenço - Mandy, pelos 50 anos da primeira gravação da música sertaneja com a "Turma Caipira Cornélio Pires". Foi uma grande festa promovida pela Secretaria de Cultura de São Paulo, no Ginásio de Esportes do Corinthians, durante vinte e quatro horas de músicas e atividades folclóricas, com abertura no dia 25 e encerramento no dia 26 de agosto de 1979...

Direitos reservados. Favor indicar esta fonte de pesquisa: Sorocabinha - vida e obra: a raiz da música sertaneja. Site desenvolvido por: A. Robson, designer gráfico da Anexodesign Studio, maio de 2011; www.anexodesign.com.br.

Essas e outras histórias são contadas em detalhe, com fotos e ilustrações, no livro Sorocabinha - vida e obra, de autoria de Maria Immaculada (filha de Olegário de Godoy).

 

Deixe seu e-mail para podermos lhe enviar um especial convite da noite de autógrafo com a autora e de uma pequena exposição com objetos da vida do artista, como a viola, discos raros, fotos e jornais da época.

Clique no endereço: livro@sorocabinha.com.br